domingo, 14 de junho de 2009

Da Saudade


Hoje Lisboa recebeu-me com um manto de sol e céu debruado a colinas.

Olhei para os rostos ansiosos dos que esperavam familiares e amigos na saida do aeroporto e instintivamente procurei-te, mas claro não te vi.

Dei-te um beijo e tu ficaste. Eu sei como ficaste!!

Mil milhas depois já sinto saudades dos teus abraços

Passeei pela cidade mas os “nossos” lugares tinham uma cor diferente.

Hoje senti que de facto somos como uma caravela, se eu sou o leme tu és a vela que enfrenta os elementos e nos impulsiona.

O bom das partidas é que deixam sempre em aberto a hipotese do regresso e os regressos são muito mais honestos e sobretudo mais saborosos

Deixo-te com um beijo linda “seeker”, dorme e sonha.

O Viajante

3 comentários:

The Seeker disse...

I have been here so many times and every time I feel emotionally touched and end without words facing such beautiful writing not to speak of the feelings.

Thank you my love!!!! I LOVE YOU and also miss you already.

Sunshine kisses with hugs from the sea that surrounds the island.

xoxoxoxoxoxoxoxoxoxoxo

Vânia Vidal disse...

Viajante,

Eu comecei a a amar o homem que amo quando ele me olhou, seguado-me nos braços e uma luz violácea entrava pela janela quase agredindo nossos lençóis. Desde então sei, saboreio e espero o momento do regresso final.

bejs
Vânia

Carla O. disse...

:) São dos casais que mais gosto me dá ver juntos.
Um beijo a ambos :)