quinta-feira, 12 de março de 2009

A segurança começa em nós V


Pois é, de facto este post já esteve publicado mas como não fui a tempo de cumprir os procedimentos, bum!! explodiu(estou a brincar claro).

A explosão é a mais perigosa forma de manifestação do fogo. Resulta da inflamação quase instantanea de uma mistura de um combustível (normalmente gás) com o ar, provocado por uma fonte de ignição, um fósforo, uma faísca de um equipamento eléctrico ou até de um interruptor.

Poderá não provocar um incêndio mas a onda de choque que resulta da explosão danifica edificios e mata os seus habitantes devido à destruição de orgãos internos como os pulmões ou o estomago.

Em nossas casas estas situações poderão resultar da avaria de fogões, aquecedores ou esquentadores, ou por não cumprirmos as normas de segurança.
Sempre que se aperceba do cheiro característico que denuncia a fuga de gás adopte os seguintes procedimentos de segurança:

1. Se o comando para desligar energia eléctrica estiver no exterior deverá ser desligado;
2. Feche as válvulas de segurança do contador ou na botija do gás;
3. Ventile a casa, abrindo portas e janelas ;
2. Não fume, não faça lume e apague quaisquer chamas;
3. Não provoque faíscas ou incandescência de qualquer material;
4. Se não puder desligar luz não accione interruptores. nem ligue ou desligue os aparelhos eléctricos;
6. Se a fuga for na garrafa remova-a para o exterior;
7. Se não conseguir parar a fuga saia para o exterior e chame, de imediato, os Bombeiros ou os técnicos especialistas em gás da sua área;
Saudações
O Viajante

3 comentários:

Shin Tau disse...

Hehehehe querido Viajante,

gosto de o ver assim animado!!! A sua capacidade de nos colocar um sorriso foi substituida pela capacidade de nos fazer dar gargalhadas (ainda tímidas, mas já são umas gargalhadas!!!)

Mais uns conselhos úteis, que o esotérico tem de viver com os pés no chão e estar prevenido para estes incidentes, pode acontecer a qualquer um, certo?!? Obrigada!!!

Agora mais uma partilha! Sabe que não há um único dia que não me lembre de si, e logo pela manhã...cedinho!!!! Não, não é pelas suas anotações lá no grimoire...Não, não é por ser meu amigo e pensar em si....Podia ser, mas não é!!!
É simplesmente porque todos os dias passo nos bombeiros!!! É tão engraçado ver realmente como essa energia é tão sua! Os bombeiros para mim nunca mais serão os mesmo, todos eles serão assim sensíveis e boas almas como o Viajante.
Acho que faz um bom trabalho em honrá-los! Parabéns!

Beijocas

IdoMind disse...

Viva Viajante,

Ainda não comentei nenhum dos seus posts da segurança (acho eu...) porque considero todos de grande utilidade e isso o Viajante já sabe,razão pela qual decidiu publicá-los. Escuso-me portanto de deixar um comentário só para dizer que li e que é muito interessante...blá.blá, blá.Leio-os sempre e ficam registados, disso não duvide.Obrigada por esses e pelos que ainda há-de publicar.Os meus comentários prefiro fazê-los quando o tema está a pedir opinião ou desperta "o vulcão" em mim.

Como é o caso, mas que por acaso, é sobre a segurança.

"A explosão é a mais perigosa forma de manifestação do fogo." Assim que li isto esbocei o sorrisinho à IdoMind e a minha mente perturbada logo deambulou para as analogias. Quanto mais li mais vi como o seu texto se adapta a emoções reprimidas, mal resolvidas e adiadas.

Geralmente antes de uma explosão há indicios, como o Viajante refere,um cheiro no ar a gás que anuncia perigo.

Mas por distracção, esquecimento ou apenas por estarmos ausente de casa, não nos apercebemos da fuga que liberta lenta e fatalmente o combustível.

Depois, basta alguém ter-se esquecido de levar o cão à rua, a colega que voltou a não repor papel na fotocopiadora ou o chico esperto que passa à nossa frente na fila de supermercado, para que, assim de repente CABUMMM lá vem a inflamação instântanea!

O resultado então é mesmo como o Viajante diz e eu não consigo dizer melhor: " Poderá não provocar um incêndio mas a onda de choque que resulta da explosão danifica edificios e mata os seus habitantes".
Ou seja, vai tudo ao ar, quando bastaria dedicar algum tempo a verificar se os equipamentos estão em bom estado de funcionamento, se precisam de uma reparação, da substituição de alguma peça, às vezes uma simples braçadeira, evitaria a tragédia.

Os procedimentos a adoptar então são perfeitos...parece-me especialmente sábio "Se não conseguir parar a fuga saia para o exterior e chame, de imediato, os Bombeiros ou os técnicos" Há que reconhecer que para certas fugas o mais certeiro é afastarmo-nos delas e pedir ajuda de especialistas...lol

Genial Viajante e desculpe se porventura desvirtuei o seu post mas vivo mesmo guiada pelos sinais e hoje andei o dia todo para dizer algo a alguém que não disse e fiquei assim "com uma pequena fuga de gás".
Quando li este post achei fantástico, daí o comentário!

beijinhos
Bem Haja

Salamandra disse...

Amigo Viajante
mais um belo post de utilidade publica.
Continue este seu belo trabalho que no fundo tanto prestigia os bombeiros,esses soldados da Paz.
beijinho
Salamandra