quinta-feira, 12 de fevereiro de 2009

Natureza em chamas


Os que combatem fogos florestais sabem que os três factores determinantes são: o combustível, o terreno e a meteorologia.
Se estamos perante uma região de vegetação rasteira e árvores de pequeno porte, combustível ligeiro, o incêndio propaga-se mais rapidamente porque o combustível arde com mais facilidade. Se estamos perante grandes florestas de árvores adultas, combustível pesado, a velocidade de propagação do fogo é manifestamente inferior.
Se o terreno for irregular com elevações o fogo ganha velocidade quando sobe encostas porque o combustível vai sendo pré-aquecido e perde velocidade quando as desce. Por outro lado o ataque em terreno irregular é muito mais complicado pela dificuldade em fazer chegar meios pesados de ataque aos locais. Assim foi em Portugal durante os anos 1975/85 em que em vários incêndios na Guarda os bombeiros tinham que andar mais de meia hora a pé para chegarem aos focos de incêndio.
Por último o terceiro factor que influencia este tipo de sinistros a meteorologia, nomeadamente através da temperatura ambiente, da humidade relativa do ar e da velocidade do vento.
A conjugação de forma explosiva destes factores, o combustível, o terreno e a meteorologia, na Austrália causaram uma tragédia sem precedentes com perdas avultadas em vidas, quase trezentas até agora, e materiais, com centenas de milhares de hectares de florestas plantações e até cidades completamente incineradas pelas chamas.
Temperaturas de mais de 45º com valores de humidade relativa próxima do zero com ou sem ajuda humana desencadearam em pouco tempo no estado de Vitória dezenas de incêndios o maior dos quais a 80 km ao norte de Melbourne, destruiu uma extensão de 1.400 hectares, avançou através de 30 km, destruiu cerca de cem casas das pequenas localidades e matou pelo menos 25 pessoas.
Como foi possível ter morrido tanta gente, inclusive alguns dentro dos carros em que tentavam fugir? Isto parecerá surreal para muitos, o fogo a deslocar-se com maior rapidez que um automóvel.
Mesmo que antes do início do incêndio não haja vento quando um incêndio atinge as dimensões daquele ao norte de Melburne as correntes de convecção criadas pelo próprio fogo geram as chamadas “tempestades de fogo” com ventos, que sem grande dificuldade, atingem velocidades superiores a 80Km por hora. Dizem as autoridades que houve progressões de 35 m/s, ou seja houve alturas em que o incêndio se propagou a cerca de 120Km por hora, o que tornou impossível qualquer fuga para pessoas que o avistaram a 10 ou 15Km de distância.
Provocados ou não pelas alterações climáticas planetárias o facto é que apesar do equipamento sofisticado, nomeadamente helicópteros e aviões e milhares de bombeiros experientes e bem equipados, o homem falhou redondamente ao enfrentar a natureza. Cada vez mais temos que ter consciência a que não somos donos do planeta mas apenas “hospedes” e como tal teremos de mudar a atitude arrogante de julgar que a nossa tecnologia resolve tudo porque ela já há muito que deixou de ser parte da solução e começou a ser parte do problema.
Quero deixar aqui uma palavra de solidariedade a todos os que perderam entes queridos nesta tragédia e também enviar um abraço aos bombeiros que apesar das condições dificílimas combateram o fogo e salvaram vidas.

"Vida por vida"(lema dos bombeiros portugueses)


Saudações


O viajante

7 comentários:

The Seeker disse...

I know this is a subject that touches you deeply... you felt it in your own skin...
And I'm very proud of you!!

Our thoughts and prayers are with those who are suffering with this tragedy.

xoxo

Salamandra disse...

Meu amigo
Vejo que este post vem carregado de muita emoção.
A verdade é essa por mais que os homens tentem controlar a Natureza é tempo perdido jogam contra ela em vez de a favor dela.
É uma tristeza o que está a acontecer na Austrália e o que tem acontecido anos sucessivos no nosso país,alguma coisa tem de mudar, mais uma!!!!
Junto-me a si deixando uma palavra de carinho a esses homens que dão a sua vida pelos outros e por todas as familias que sofrem neste momento.Que Deus os ajude.
Beijinho
Salamandra

Vania Vidal disse...

Querido amigo,

Antes gostaria de agradecer os comentários em meu blog, principalmente o último. Infelizmente, no meu país, as ações de proteção aos portadores do trastorno bipolar são locais e contam com pouquíssimo apoio ou mesmo nenhum do governo. Há muita lenda em torno dessa doença e mesmo as ações privadas são localizadas. levei anos com a doença e nunca soube que ninguém das minhas relações a tivesse também. Só quando assumi é que umas e outras apareceram. Pretendo sim, um dia, colocar minha experiência de portadora da donça em livro, pequenos artigos, mas por enquanto eu preciso cuidar da parte prática da vida, pois sustentar o tratamento adequado é muito caro. E lógico, lutar contra as inevitáveis crises e recaídas.

Quanto ao seu post atual, como sabes, o Brasil possui vários biomas e sofre com freqüência com incendis florestais. Lutamos contra isso, tanto com o que a natureza nos dá (secas) como pelo que o homem nos tira(queimadas).

O que eu queria deixar registrado, pois li uma notícia que me choucou bastante pois já passei por isso, a de um avião que caiu em região residencial.

Eu estava no último período da faculdade de Relações Internacionais, isso já tem uns anos, quando caiu um helicóptero em cima de um dos nossos prédios.
Realmente admiro o trabalho dos bombeiros. Infelizmente nada pôde ser feito para salvar os pilotos e eu tive que correr para esvaziar o meu prédio, pois estávamos encurralados. Graças à perícia dos pilotos, que se suicidaram para não matar centenas de estudantes e dos bombeiros que chegaram rápido e conseguiram controlar as explosões e o incêndio não houve vítimas em terra.
Desde então, sempre que passa um carro de bombeiros ou uma ambulância, faço uma prece.
bjs
vania

Salamandra disse...

Meu amigo
voltei para lhe dizer que hoje é um dia muito importante, provavelmente já sabe mas..há um alinhamento planetário que segundo a astrologia poderá ser o começo ou o despertar da Era de Aquário, bom hoje todos os planetas se encontram em Aquário o que gera mudança de mentalidades e elevação, juntos numa prece poderemos ajudar a elevar o nosso Planeta.
Um bom dia para si.
beijinho
Salamandra

Shin_Tau disse...

Querido Viajante,

também estou com todas essas pessoas em espírito, envando o meu amor para que facilmente aceitem o que lhes aconteceu e possam seguir a sua vida. Mas o que me traz aqui, não é falar sobre isso, prefiro senti-lo, hoje vim desejar-vos um feliz dia do Amor! Um beijo grande e que aproveitem bem a energia iniciática que este dia traz. Façam algo hhhhhuuuuu louco (mais louco, está bem!)!!! ihihihihih

Shin TAu

Rogério Paulo Pereira disse...

Química e termodinâmica de fenómenos de combustão.
Tema da aula a que assisto neste preciso momento.
Bom sábado e um abraço

Carla O. disse...

O fogo é um dos fenómenos que mais me assusta. Este da Austrália foi devastador.
Não sei se o Homem alguma vez perderá a arrogância com que lida com a natureza, com o planeta... Infelizmente vejo que a humildade está cada vez mais dificil de alcançar e que, com a falta dela, caminhamos todos para o abismo. Mas como enquanto há vida há esperança... ;)
Bjs