domingo, 25 de janeiro de 2009

Obama tomou posse


Quando Obama foi eleito algumas vozes da direita religiosa americana numa atitude que eu não vou classificar, descreviam-no com o anti-cristo descrito na Bíblia. Contudo uma coisa é verdade a onda de esperança que varreu todo o mundo a quando da sua eleição bem como a palavra chave da sua campanha – “Yes we can” - deram-lhe uma aura quase messiânica de salvador.
Tomar conta do país num momento de crise grave, talvez não tenha sido uma escolha acertada. Seria melhor deixar a crise para os republicanos que a criaram. A altura a que foi colocada a fasquia para o seu desempenho poderá comprometer a sua reeleição.
Eu sei que ele gostaria de transformar a América, redistribuir melhor a riqueza, melhorar as condições de vida de muitas regiões deprimidas do interior rural, permitir que todos os americanos, especialmente os mais idosos, tivessem acesso a cuidados de saúde.
Eu sei que ele gostaria de proteger o ambiente aumentando a utilização de energias alternativas.
Eu sei que ele gostaria que a América deixasse de ser vista como um inimigo ou aliado desconfortável e fosse aceite como um parceiro na solução justa dos problemas internacionais.
Eu sei que ele gostaria de solucionar a questão Palestiniana, resolver o problema do Iraque e do Irão, acabar com Guantanamo e com todas as prisões da CIA que durante anos torturaram pessoas, muitas delas inocentes, contra todos os direitos humanos.
Contudo Obama sabe muito bem que forças vai enfrentar quando se dispuser a tentar realizar os seus objectivos. Também sabe que os americanos têm o mau hábito de não usarem só os votos para demitirem os seus presidentes.
Os americanos esperam tudo do novo presidente talvez até Marte, Obama terá de ser um super presidente que Deus o ajude.


Saudações


O Viajante

4 comentários:

Shin_Tau disse...

Olá Viajante,

continua a não ir na onda de energia positiva que este messias traz!
De facto, a tarefa que leva nos ombros e a sua ambição são pesadas. Uma vizinha blogueira (Zoe) tirou três cartas para o Obama, "Morte, Eremita e Juízo Final".

Talvez ele não vá conseguir fazer tudo o que pretende, mas muita coisa fará, nem que seja para dar o exemplo aos da sua raça, de que o negro é tão bom como o branco, que as cores são diferenças que nos devem unir e não separar. Que todos têm as mesmas oportunidades basta querê-las e lutar por elas!
Nem que seja "só" por isso, Obama já tem o meu apoio incondicional, a minha energia é lhe dirigida sem dúvida pois acredito que ele tem o coração no lugar certo!

Um beijinho

The Seeker disse...

History is being made, we know!!!

But I think you’re so right. It’s not a question of not believing that this change can bring lots of positive energy. We must be realistic. The mark is too high and we know that there are a lot of lobbies that Obama must fight with.
He can be the inspiration, but he can’t do it all.
Jesus didn’t.

Although that doesn’t mean that we don’t trust him and many prayers and good vibrations are being sent to him.

May the Universe be with him!!!!

xoxo

Salamandra disse...

Meu amigo Viajante
Como eu gostaria de acreditar que Obama irá conseguir fazer tudo aquilo que deseja,deposito nele a minha confiança,fiquei feliz por um negro finalmente chegar á presidência mas...concordo consigo ele vai ter de enfrentar forças bem mesquinhas recorde-se o caso Clinton, e então Jonh F.K.,a américa sabe como afastar adversários incomodos.
Desejo sinceramente que Deus esteja com ele,está nas minhas preces todos os dias.
Continuando a reflectir sobre estes tempos conturbados não é meu amigo,não está fácil, mas vamos todos tentar acreditar que é possivel.
Um abraço de alam
Salamandra

Carla O. disse...

Realmente, as expectativas estão demasiado altas. Mesmo assim tenho esperança que ele consiga ir levando, aos poucos, a água ao seu moínho.
Os obstáculos são enormes, mas a esperança que ele deixa e transmite, ajuda a que as energias positivas o alimentem e fortaleçam. Oxalá! :)