sábado, 15 de novembro de 2008

Pessoa e a Vida


Hoje gostaria de partilhar convosco um poema de Fernando Pessoa, acerca da vida enquanto caminho da nossa evolução, que me foi enviado pela pessoa que eu amo.


Posso ter defeitos, viver ansioso e ficar irritado algumas vezes,

mas não esqueço de que minha vida é a maior empresa do mundo.

E que posso evitar que ela vá a falência.

Ser feliz é reconhecer que vale a pena viver, apesar de todos os desafios, incompreensões e períodos de crise.

Ser feliz é deixar de ser vítima dos problemas e se tornar um autor da própria história.

É atravessar desertos fora de si, mas ser capaz de encontrar um oásis no recôndito da sua alma.

É agradecer a Deus a cada manhã pelo milagre da vida.

Ser feliz é não ter medo dos próprios sentimentos.

É saber falar de si mesmo.

É ter coragem para ouvir um 'não'.

É ter segurança para receber uma crítica, mesmo que injusta.

Pedras no caminho? Guardo todas, um dia vou construir um castelo


(Fernando Pessoa)
Saudações
O Viajante

2 comentários:

The Seeker disse...

Thank you sharing this.
Really to think about...

I already have a wall of my castle... ;)

I love you too.

Blessings.
xoxo

Shin_Tau disse...

Caro Viajante,

este é um dos poemas que mais adoro, pois, de facto, ele encerra a minha visão sobre a Vida.
Actualmente este é o verso que comanda a minha vida "Ser feliz é deixar de ser vítima dos problemas e se tornar um autor da própria história."
Obrigada pela partilha...
Fico ansiosa pelo seu artigo sobre a nova era pois creio que tenho muito para aprofundar sobre esse tema, quanto ao resto não acho espantoso, como disse, tem a ver com a minha geração, não comigo em particular! Eu sou Uma entre Muitos Outros, graças a Deus!
Ficarei à espera!