terça-feira, 12 de agosto de 2008

Os escravos ainda existem









Hoje dei conta na minha caixa do correio electrónico de mais uma pérola do neo-liberalismo capitalista.

Algumas fotos da fábrica de calçado de uma das maiores cadeias de sapatarias da Índia a “Catwalk”.

O trabalho é quase todo manual e feito nas condições que as fotos mostram.

Reparem que para rentabilizar o espaço foram montadas umas estantes de forma a duplicar o número de postos de trabalho (Nem "Imelda Matt-Despotic Queen of Shoes"na sua fábrica teve esta ideia).

O senhor que aparece em destaque é o patrão mostrando a sua “unidade industrial”.

Os trabalhadores dormem e comem na “fábrica”, trabalham entre 16 a 18 horas por dia e o salário dá para comprar comida.

Esta organização tem 120 lojas em toda a Índia e pretende atingir os indianos mais endinheirados o que quer dizer que será fácil vender os sapatos acima dos 150 US$.

Se tivermos em consideração que cada par à saída da fábrica tem um custo de 14 US$ poderemos ter a noção dos lucros fabulosos do tal senhor da foto e também da miséria, desnecessária em que vão continuar os seus empregados.



Saudações


O Viajante

1 comentário:

Imelda Matt disse...

OH NO! I've been caught out again...oops!